quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

ORAÇÃO DE SÚPLICA

 
Pai de Infinita Bondade, sustenta-nos o coração no caminho que nos assinalastes. Infunde-nos o desejo de ajudar aqueles que nos cercam, dando-lhes das migalhas que possuímos para que a felicidade se multiplique entre nós.
Dá-nos a força de lutar pela nossa própria regeneração, nos círculos de trabalho em que fomos situados, por teus sábios desígnios.
Auxilia-nos a conter nossas próprias fraquezas, para que não venhamos a cair nas trevas, vitimados pela violência.
Pai, não deixes que a alegria nos enfraqueça e nem permitas que a dor nos sufoque. Ensina-nos a reconhecer tua bondade em todos os acontecimentos e em todas as coisas.
Nos dias de aflição, faze-nos contemplar a luz, através de nossas lágrimas, e, nas horas de reconforto, auxilia-nos a estender tuas bênçãos com nossos semelhantes.
Dá-nos conformação no sofrimento, paciência no trabalho e socorro nas tarefas difíceis.
Concede-nos, sobretudo, a graça de compreender a tua vontade, seja como for, onde estivermos, a fim de que saibamos servir em teu nome e para que sejamos filhos dignos de teu infinito amor.
Assim seja!
(Agar (Espírito), psicografia de Francisco Cândido Xavier, obra desconhecida)

Um comentário:

  1. Uma belíssima oração. Orei com emoção.
    Abraços,
    Élys.

    ResponderExcluir